Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rancho Folclórico Santa Luzia de Airães

O Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães, iniciou a sua actividade em Março de 1977, destinado à divulgação da música, traje e dança da região de entre Douro e Minho. É Membro Efectivo da Federação de Folclore Português.

Rancho Folclórico Santa Luzia de Airães

O Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães, iniciou a sua actividade em Março de 1977, destinado à divulgação da música, traje e dança da região de entre Douro e Minho. É Membro Efectivo da Federação de Folclore Português.

Trajes do grupo

17.05.13 | rancho santa luzia de Airães

TRAJE DE FESTA E DE FEIRA - HOMEM

Na cabeça usa um chapéu de feltro castanho, de abas estreitas.

A camisa de linho branca bordada.Colete em peluche, com costas vermelhas e frentes castanhas.

Jaqueta castanha em peluche, botões de metal amarelo na frente e nas mangas.

Faixa preta em lã.As calças são de baeta preta.

Bota em atanado preto com solas de couro.

 

 

                                                    TRAJE DE FESTA E DE FEIRA - SENHORA

Na cabeça usa um lenço de tapete colorido.

Blusa branca de merino com golas e punhos em bordado.

Saia de armour preta.Algibeira preta em veludo.

Meias brancas de algodão.Chinela de couro preto com sola de couro.

 

 

 

 

 

 

TRAJE DE TRABALHO - HOMEM

Usa um chapéu de palha de abas largas, mais conhecido por chapéu à malhador.

A camisa é de riscado, aberta desde cima até à zona da cinta. Aí tem uma pega com uma casa, que serve para prender as ceroulas.

As ceroulas são em riscado.As calças de cotim, com fita e fivelas na parte posterior para o conveniente aperto.

As meias são em lã pura de ovelha, sem qualquer coloração.Usa socos em couro pela parte de cima com solas em madeira de amieiro.

   

 TRAJE DE NOIVO

Na cabeça usa um chapéu de feltro preto, de abas curtas, achatado e com a copa em oval.

A camisa é branca de popelina, com laço preto de cetim.Usa também um colete, todo preto de cetim,

Jaqueta em baeta preta, forrada, debruada a cetim preto, botões de metal amarelo na frente e nas mangas e para aperto uma fita apresilhada de cetim.Tem uma faixa preta em lã.

 

TRAJE DE NOIVA

Trás consigo uma sombrinha toda rendada.Na cabeça usa um véu branco rendado .

A blusa é branca de popelina, que, depois de vestida, só se apercebe as golas e mangas rendadas.

Usa uma casaca preta de brocado cintada com rendas pretas nas mangas.

A saia é também de brocado preto.Meias brancas de algodão.Chinela de couro preto com solas de couro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reviver o passado/ presente

17.05.13 | rancho santa luzia de Airães

A toda a família do Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães, àqueles que hoje fazem parte do grupo, bem como  todos os aqueles que deram o seu contributo para preservar, dignificar e divulgar os usos e costumes dos nossos antepassados, levando bem longe o nome da Freguesia de Airães.... Um Muito Obrigado !!!

 

Não posso esquecer de prestar uma sentida homenagem aos ilustres que já não se econtram entre nós.

Recordamos com saudosismo, todo o empenho e a dedicação, que ao longo de vários anos, dispensaram em prol do nosso querido Rancho Folclórico de Santa Luzia. 

 

Foram verdadeiros exemplos para todos nós, prezando valores de fraternidade, camaradagem e humildade

 

É com enorme gratidão e um grande orgulho, por fazerem parte desta grande familia foclorista, que em meu nome pessoal e enquanto presidente desta associação Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães, presto  uma sincéra homenagem aos excelentissímos senhores: 

Senhor" Sampaio"(fundador);

Senhor Arnaldo Nunes- "Tio Arnaldo"(fundador); 

Dona "Candidinha";

Senhor  José Maria Teixeira de Magalhães, "Magalhães"(Secretário)

 

O presidente do Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães

 

     Casimiro de Sousa Ferreira

 

   

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

Historial do Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães

17.05.13 | rancho santa luzia de Airães
Trajes representativos

 HISTÓRIAL

   O Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães, iniciou a sua actividade em Março de 1977, por uma carolice de pessoas bem-intencionadas, com espírito e tradições do folclore. Iniciou a sua actividade como Rancho Infantil. Mas como tudo foi evoluindo maiores solicitações e foram preenchidas através das actuações. Foi-se modernizando. É assim que, em 18 de Agosto de 1987, o mesmo se legaliza por escritura pública, no Cartório Notarial de Amarante, destinado à divulgação da música, traje e danças da região. Continuamos a prestar um serviço à juventude, mas com mais qualidade servindo também a cultura da região e a sua consequente divulgação. A partir daí, procurou afirmar-se no panorama Folclórico Nacional e internacional, apostando na qualidade da reprodução do traje, danças e cantares de tempos mais remotos. Feitas as pesquisas e recolhas para garantir a autenticidade do que representa, é dentro deste cenário, que se propõe reproduzir o mais fielmente os usos e costumes dos nossos antepassados. Em 1992 pede a sua filiação à Federação do Folclore Português, tendo sido visitado em Outubro, do mesmo ano, pelos Conselheiros Técnicos, daquela Federação, Senhores Joaquim de Almeida Barbosa, António de Sousa Leite e Dª Maria Augusta de Oliveira Reis, que o acharam com qualidade e em Dezembro desse ano passou a ser membro de pleno direito daquela Federação.

 

ATUAÇÕES EM PORTUGAL

Ao longo da sua vida, este rancho tem tido uma média anual de 15 a 20 actuações em festas e romarias, para que é solicitado e por permutas com outros grupos, em festivais nacionais e Internacionais, do Norte a Sul de Portugal, levando consigo o nome de Airães e de Felgueiras.

 

Organiza anualmente o seu festival de folclore no mês de Julho.

 

ACTUAÇÕES NO ESTRANGEIRO

  •  04.09.1988-  Festival do Grupo Folclórico Atlântida Sociedad do Grupo Desportivo Atlântida Matamá - Vigo- Espanha
  •  01.07. 2001- Festival de Folclore integrado nos 25 anos do “Groupe Folklorique Le Rancho - Salle Paroissialle Saint Jean - Tulle- França.    
  •  15.04.2009-  Festival Sanxencho- Espanha
  •  18.05.2010-  Festival Pontevedra – Espanha
  •  14.07. 2011- Festival  les fêtes – Paris - França
  •  20.11.2011-  Festival S. Tiago de Compostela- Espanha
  •  12.11. 2012- Festival S. Tiago de Compostela- Espanha

TRAJES

Trajes que apresenta: Noivos, Domingueiro, Senhora Rica, Missa, Campo (ceifeiros), Lavradores Ricos, Festa e Feira e Trabalho.

 

PATRIMÓNIO

Tem sede própria implantada no lugar de Santa Luzia – Airães – Felgueiras – Porto – Portugal, com um prédio com500 metros quadradosde área coberta e um parque com cerca de3.000 metros quadrados.Na sua sede, tem instalado o Museu Etnográfico de Santa Luzia com mostra de instrumentos caseiros e de ofícios tradicionais manuais antigos, que hoje, essas profissões já se encontram mecanizadas.

 

Possui escola de dança para os mais pequenos e escola de música tradicional de vibrafones (acordeão e concertina) e cordofones (viola, viola braguesa e cavaquinho) frequentadas por crianças e jovens.